[ editar artigo]

Dieta do Ovo: como funciona e emagrece mesmo?

Dieta do Ovo: como funciona e emagrece mesmo?

Quem nunca ouviu falar da famosa ‘’dieta do ovo’’? Você já fez essa dieta? Se não fez, aposto que conheceu alguém que tenha feito! Agora me conte: você ou esta pessoa conseguiu emagrecer de verdade fazendo esta dieta? Afinal, será que ela funciona realmente para emagrecimento? É isto que vamos analisar neste artigo de hoje! Venha ler e ver como funciona e descobrir se esta dieta funciona para você perder uns quilos!

O que é a dieta do ovo?

O ovo foi, por muitos anos, considerado um vilão da saúde, mas com o passar dos tempos e novas descobertas passou de vilão a mocinho da alimentação e até ganhou uma dieta somente para ele.

Existem vários tipos da dieta do ovo, algumas se restringem ao consumo somente do ovo por uma semana, porém a mais comum é aquela em que o consumo de ovo deve estar presente em todas as refeições principais (café da manhã, almoço e jantar), associado ao consumo de outros alimentos (como outras carnes, frutas, leite e derivados, vegetais, cereais integrais) porém sempre em pequenas quantidades.

A dieta do ovo nada mais é do que uma dieta que fornece poucas calorias durante o dia, logo, isto leva ao que chamamos de restrição calórica. Normalmente, a dieta do ovo dura de 7 a 10 dias e se caracteriza pelo consumo de ovos nas principais refeições (café da manhã, almoço e jantar).

O ovo é considerado um alimento com poucas calorias, com uma ótima qualidade de proteínas, além de conter micronutrientes importantes como zinco, cálcio, fósforo, vitamina A, e vitaminas do complexo B que são importantes para o funcionamento do nosso corpo. Outro fator positivo do ovo é o seu baixo custo, sendo este alimento acessível a muitas pessoas.

A dieta do ovo funciona?

Um ovo contém aproximadamente 70 a 75kcal por unidade. Isso significa que se você comer 3 ovos no dia (conforme o cardápio abaixo) você irá consumir 210 a 225 kcal por dia. Consideramos adequado para uma pessoa saudável 2.000 kcal, porém quando analisamos perda de peso com o objetivo de emagrecimento, varia muito de pessoa para pessoa, pois quando os nutricionistas calculam sua dieta isso significa que ele irá calcular a sua dieta segundo o seu objetivo e as suas individualidades.

Se você consumir somente 3 ovos por dia consequentemente ocorrerá uma restrição calórica, você comerá pouco e seu corpo estará gastando energia. Logo, haverá sim emagrecimento. Agora pense comigo e reflita: você irá conseguir ficar comendo ovo para o resto da sua vida, para perder peso? Acho que não, hein?! Ainda que seja por 7 ou 10 dias de dieta do ovo, realizando uma restrição de calorias por 10 dias no mês, nos outros 20 dias você irá consumir: escolha a opção:

  • Uma alimentação balanceada;
  • Ou irá tirar o atraso desses 10 dias e sairá comendo tudo o que há na frente?

Agora, confira abaixo, um exemplo de cardápio da dieta do ovo:

Cardápio Dieta do Ovo

Café da Manhã:

1 ovo ou mais e 1 porção de frutas (maçã, banana, mamão, laranja, morango, ou a fruta que você tiver a sua disposição em casa).

Almoço:

1 ovo ou mais com 1 porção de proteína (frango, peixe, carne bovina ou suína)

Jantar:

1 ovo ou mais com 1 porção de legumes (abobrinha, chuchu, beterraba, cenoura, berinjela, ou o legume que você tiver em casa, lembrando que o tipo de preparação destes legumes também importa, então prefira eles assados, cozidos ou grelhados).  

Observação: lembrando que estas quantidades dependem do seu peso.

Nesta dieta você pode consumir: frutas, verduras, legumes, laticínios, tubérculos, cereais integrais e oleaginosas (lembrando que as quantidades são restritas nesta dieta, não sendo nada liberado completamente para o consumo, sempre em pequenas quantidades).

Lembrando que: quando não há melhora na quantidade e na qualidade da alimentação, juntamente com um estilo de vida sedentário, se você não pratica atividade física, você poderá consumir ovos de mais e isso resultará em aumento do seu peso. Ao contrário do que você esperava que era o emagrecimento, não é mesmo?!

Quais os benefícios e malefícios da dieta do ovo?

Vamos lá, separar os benefícios e os malefícios desta famosa dieta do Ovo? Confira:

Benefícios:

Essa dieta provavelmente levará a perda de peso, mas não necessariamente você perderá só gordura corporal. Um ponto positivo é que essa dieta não exige contagem de calorias, e que os ovos têm um preço baixo, sendo acessível para muitas pessoas.

Malefícios:

Quando há o consumo somente de ovos, diminui o consumo dos outros alimentos e isso leva a uma carência de outras vitaminas. Essa dieta leva a perda de peso, porém muitas vezes ocorre perda de massa muscular também, o que não é desejável. Além disso, essa é uma dieta bem geral, que não leva em consideração as necessidades individuais de cada pessoa. E outro ponto negativo é que alguns estudos evidenciam que o consumo aumentado de ovos para algumas pessoas pode aumentar os níveis de colesterol plasmático.

Esta dieta do ovo, apesar de levar a perda peso, não garante a manutenção dele. Logo, não há uma garantia de que você perderá para sempre os quilos que eliminou durante a dieta. Outro fator é que, por ser uma dieta com poucas calorias, às vezes o consumo alimentar não passa de 500 kcal por dia e isto pode levar à desnutrição. Alguns estudos também evidenciam a sobrecarga renal para pacientes com problemas renais. Um estudo também mostrou que paciente que tem Diabetes deve cuidar com o consumo de ovos, pelo fato de aumentar o risco de doenças cardíacas nesta população.

Olhando agora, não acha que tem mais malefícios do que benefícios?

Agora vou te contar o segredo do emagrecimento com saúde: NÃO PERCA!

O segredo é a Reeducação Alimentar. Esqueça dietas restritivas e milagrosas.

Sem as mudanças de hábitos e de rotinas fica difícil você conseguir um emagrecimento eficaz e duradouro. Infelizmente a perda de peso se torna um caminho muito difícil de ser realizado e concluído. Por isso, ter uma alimentação saudável, colorida, equilibrada e sem excessos, claro, associada a atividade física, te leva ao emagrecimento, sem neuras ou complicações tardias. Por isso, repense e veja que a reeducação alimentar faz toda a diferença para você traçar um caminho mais tranquilo em rumo ao emagrecimento saudável.

Mas afinal, quantos ovos posso comer por dia para emagrecer?

Por ser um alimento muito nutritivo e versátil, já que pode ser preparado de várias formas, o ovo caiu nas graças de quem quer ter uma alimentação melhor e emagrecer.

Se você é um amante do ovo e tem o hábito de comer todo dia, já deve ter se perguntando “será que estou exagerando na quantidade?”. O Guia Alimentar da População Brasileira evidencia que em alguns estudos o consumo de ovos, em uma alimentação com baixos níveis de gorduras totais, parece não exercer efeitos negativos nos níveis plasmáticos de colesterol e, consequentemente, no aumento do risco de doenças cardiovasculares, mas isso levando em consideração que as pessoas que têm uma alimentação saudável.

Como citei acima, pessoas que tem Diabetes devem cuidar com o consumo de ovos, não ultrapassando o total de 1 ovo no dia. Duas porções de ovos representam cerca de 20% das recomendações (RDA) das necessidades diárias de proteínas, indicando sua importante contribuição para o consumo diário de proteínas.

É muito importante a variedade na alimentação. Quanto mais colorido o seu prato for e você variar os tipos de fonte de proteínas (ovos, carnes, aves, peixes), fontes de vitaminas e minerais (frutas, verduras e legumes), leite e derivados, fonte de cereais integrais (arroz integral, macarrão integral, pão integral, batata doce) e lembrar do consumo adequado de água, evitando alimentos industrializados, cheios de gorduras e açúcares, melhor. Esse é o segredo para uma alimentação variada e equilibrada, resultando em uma perda de peso saudável, sem sacrifícios e sem enjoar de um alimento específico.

Tem alguma dúvida sobre a dieta do ovo? Comente e compartilhe suas experiências comigo!

Clube da Energié
Janaine Lorenceti
Janaine Lorenceti Seguir

Nutricionista graduada pela PUCPR, apaixonada por minha profissão. Acredito em uma Nutrição humanizada e acessível a todas as pessoas.Visando assim a qualidade de vida e a autonomia dos que buscam por bem-estar físico, mental e social.

Ler conteúdo completo
Indicados para você