[ editar artigo]

Comer menos emagrece?

Comer menos emagrece?

Tecnicamente sim, mas nem sempre!

Confuso, né? Eu sei. Vou tentar te explicar melhor o porquê nem sempre comer menos emagrece, aguenta aí!

O que é emagrecer?

Emagrecer significa perder gordura, que é o que quase todo mundo quer (55% da população brasileira está acima do peso, sabia?). Para perdermos gordura precisamos que nosso organismo gaste bastante energia, de forma que o que ele gasta é mais do que ingerimos, logo precisamos comer menos calorias. Então, tecnicamente, comer menos emagrece sim.

MAS (aqui vem um grande MAS, porque é aqui que mora a confusão)...

...comer menos pode fazer você sentir fome. E não sei você, mas eu com fome fico desesperada por comida e engulo o que estiver ao meu alcance, seja saudável ou não. E aí está o primeiro problema: as pessoas acabam comendo mais quando querem comer menos. Começam o dia comendo “certo”, almoçam pouco, mas no meio da tarde bate AQUELA fome e não há quem segure. No fim do dia a conta não fecha e acabam comendo igual ou até mais do que o normal.

Nutri, to confusa! Comer menos ou não para emagrecer?

Sim, comer menos em calorias, mas não necessariamente em quantidade (volume de comida). O grande segredo de emagrecer está na qualidade do que você vai comer. Se você comer menos daquele chocolate depois do almoço que tem, sei lá, 130 kcal (mais ou menos 4 quadradinhos), mas comer 2 colheres de sopa de arroz integral a mais no almoço, que tem umas 60 kcal, você estará comendo MAIS em volume, mas MENOS em calorias. Logo, só nessa troca você estará reduzindo umas 70 kcal no seu dia. Pode parecer pouco, mas fazendo isso diariamente, junto com outras trocas inteligentes, o emagrecimento vai acontecer. E o melhor de tudo: sem precisar passar fome.

O problema está em desconstruir o que ouvimos o tempo todo por aí, de que carboidratos são ruins, que emagrecer é viver de salada e carne, de que comer menos à noite emagrece e que comer pouco faz estômago diminuir... Emagrecer é comer mais comida de verdade e menos industrializados. É comer mais fibras e menos açúcar. É buscar alimentos que tenham mais nutrientes em menos calorias.

Trocas inteligentes

Para desmistificar mais um pouco, olha essas outras comparações:

Agora pense no volume dos alimentos da coluna da esquerda comparados com os da coluna da direita. E pense na sua saciedade: será que 2 colheres de doce de leite vão saciar pelo menos tempo que a banana com aveia?

Quantas vezes temos medo de comer pão, mas acabamos jantando pastel (com uma lata de refrigerante junto, talvez!), não é?

Por isso que o assunto é confuso. Pode até ser que você coma só alimentos suuuupersaudáveis e exagere na quantidade deles, afinal, tem todo tipo de gente e todo tipo de ajuste que uma alimentação pode precisar. Mas para a maior parte das pessoas que eu atendo, O QUÊ elas comem importa muito mais do que o QUANTO comem. É uma questão de qualidade antes da quantidade.

Mas quanto se deve comer para emagrecer? E é verdade que não jantar emagrece?

Essas e tantas outras dúvidas são muito comuns dentro do consultório de nutrição.

A quantidade certa que uma pessoa precisa comer para emagrecer vai ser determinada por um nutricionista levando em conta vários fatores. Mas certamente fazer trocas saudáveis como falei acima, você estará consumindo menos calorias e isso vai favorecer seu emagrecimento. E não se preocupe com o jantar: ele não é vilão! Você pode e deve jantar, seu corpo precisa de energia mesmo à noite, ok? Mas claro que para a maior parte das pessoas é interessante que essa seja uma refeição mais leve do que o almoço, por exemplo.

Por onde começar?

Se você está perdido e não sabe por onde começar a ter uma alimentação melhor, comece fazendo pequenas trocas de alimentos ultraprocessados, com muitas calorias e poucos nutrientes, por alimentos naturais, como frutas, verduras, grãos, feijões, batatas, carnes. E, de uma vez por todas, pare de ter medo de COMIDA DE VERDADE! Coma menos, mas coma MELHOR!

Me conta: você já tentou parar de pensar na quantidade e prestar atenção na qualidade do que está comendo?

Clube da Energié
Natali Carol Fritzen
Natali Carol Fritzen Seguir

Nutricionista e coordenadora técnica da Energié Nutrição. Luto por um mundo com mais comida de verdade e com menos modismos e restrições desnecessárias. Entendo que uma boa alimentação é aquela que faz bem para o corpo e para a alma!

Ler matéria completa
Indicados para você