[ editar artigo]

Comer de 3 em 3 horas? Descubra se precisa mesmo ser assim!

Comer de 3 em 3 horas? Descubra se precisa mesmo ser assim!

Quem nunca ouviu falar que devemos comer de 3 em 3 horas? Só falta estampar em outdoors!

Mas você já parou para pensar se precisa mesmo comer de 3 em 3 horas? Quantas vezes eu tenho que comer por dia? Qual o melhor horário para fazer as refeições? Porque eu preciso comer de 3 em 3 horas?

Vem comigo que vou explicar direitinho quais os benefícios de fracionar mais as refeições!

Porque eu preciso comer de 3 em 3 horas? De onde veio essa história?

Antes de qualquer coisa vou explicar de onde vem esta recomendação: Nossa digestão dura em média 3 horas.

Este é o período que levamos para digerir e absorver os nutrientes da nossa última refeição. Isso significa que após este período não tem mais energia entrando em nosso organismo, e energia é combustível!

Se o combustível do nosso corpo está acabando, acende uma luz de alerta e nosso metabolismo fica mais lento, deixamos de produzir células novas para pele, cabelo, unhas, músculos, etc, pensando em economizar energia e muitas vezes usamos nossos músculos como fonte de energia!

Quais os benefícios de comer de 3 em 3 horas?

A orientação do Guia Alimentar para a População Brasileira e da Organização Mundial da Saúde é comer várias vezes ao dia para ter uma melhor qualidade de vida e prevenir o aparecimento de diversos problemas de saúde.

Inúmeros estudos científicos já comprovaram que podemos ter vários benefícios quando nos alimentamos mais vezes ao dia:

  • Redução do risco de doenças cardiovasculares
  • Melhora do perfil lipídico (Colesterol e triglicerídeos)
  • Melhora a resistência à insulina e glicemia (Risco para diabetes)
  • Auxilio no processo de emagrecimento e controle da obesidade
  • Auxilio na manutenção e aumento da massa muscular
  • Aumento da sensação de saciedade
  • Redução a compulsão e ansiedade
  • Manutenção de um metabolismo mais ativo

Tá Nutri, e agora, qual horário coloco no meu cronômetro?

Calma aí! Nosso corpo não é uma máquina, e cada ser humano é diferente do outro, então essa recomendação de comer de 3 horas em 3 horas é como se fosse uma média.

Indivíduos com o metabolismo mais acelerado, ou com uma rotina muito intensa e exercícios físicos podem ter uma digestão mais rápida, precisando comer a cada 2 horas.

Enquanto outros mais sedentários muitas vezes podem sim espaçar um pouco mais as refeições comendo a cada 4 horas por exemplo.

Se você é saudável, tem uma alimentação equilibrada e realmente não sente fome nos intervalos: não sofra!

Esqueça os números! O segredo é você respeitar a sua sensação de fome e saciedade

Quando estamos nos alimentando, em geral, chega um determinado momento que não sentimos mais necessidade de comer, nos sentimos satisfeitos. Com a correria do dia a dia é bem comum deixarmos este sinal passar despercebido, assim como os sinais de fome. Quantas vezes sentimos fome e deixamos para comer depois?

Quando comer e quando parar de comer?

Precisamos recuperar a intimidade com a nossa fome e saciedade:

  • Hora de comer é quando seu corpo der sinais de fome, que podem ser diferentes de pessoa para pessoa, mas aposto que todo mundo aqui já sentiu a barriga roncar né?
  • Da mesma forma, a hora de parar de comer é quando você se sente satisfeito. Por mais gostosa que esteja a comida, muitas vezes nós não precisamos repetir o prato ou daquele último pedaço.

Leia também: Conheça os sinais de fome e saciedade e equilibre sua alimentação

É importante termos uma rotina de alimentação que respeite nossos sinais de fome e também nossas atividades diárias.

Se você não sente fome, e se sente bem fazendo menos refeições ao longo dia, não tem problema! Mas avalie com cuidado se você realmente não sente fome, ou se você apenas não está habituado a fazer os lanches intermediários.

Tá, mas afinal, quantas vezes eu tenho que comer por dia?

O segredo está em fazer um maior fracionamento das refeições! E na prática, o que isso significa?

Recomenda-se fazer ao menos 5 refeições no dia, sendo 3 refeições principais:

  • Café da manhã
  • Almoço
  • Jantar

E complementar com mais duas ou três refeições secundárias:

  • Lanche da manhã
  • Lanche da tarde
  • Ceia

Lembrando que a frequência das refeições pode mudar em alguns dias, como finais de semana, quando estamos viajando ou durante as férias, mas o legal é manter ao menos 4 refeições por dia.

Mas atenção! Isso não significa comer ainda mais do que come hoje, e sim redistribuir os alimentos ao longo do dia, reduzindo a quantidade de alimentos nas refeições atuais a incluindo outros lanches menores, ok?

E, não menos importante, vale lembrar que não basta comer várias vezes ao longo do dia sem se preocupar com a qualidade do que você come! Quanto mais comida de verdade tiver na sua vida, melhor! Que tal descascar mais e desembalar menos?

Conta aqui pra mim aqui nos comentários: Quantas refeições você faz no dia?

Se ficou com algum dúvida, pergunta que eu respondo!

Clube da Energié
Michele Dierka
Michele Dierka Seguir

Apaixonada pela nutrição e pela possibilidade de trazer uma melhor qualidade de vida para as pessoas. Atuo com nutrição clinica na Energié Nutrição Avançada, empresa da qual tenho muito orgulho de fazer parte!

Ler matéria completa
Indicados para você