[ editar artigo]

Versão Tradicional, Diet ou Light? Qual é melhor?

Versão Tradicional, Diet ou Light? Qual é melhor?

Sempre quando vamos às compras no supermercado nos deparamos com as versões diet, light e zero de alguns produtos tradicionais. Mas você sabe se eles são produtos melhores para a sua saúde? Qual a diferença entre eles? Será que estes produtos fazem a diferença quando falamos de uma alimentação saudável? É isso que vamos descobrir no texto de hoje! Confira!

O que é Diet, Light, Zero e Tradicional e qual a diferença entre eles? 

Primeiramente, precisamos entender a diferença entre estes nomes dos produtos, então vamos lá:

  • Diet: o alimento ‘’Diet’’ é um produto isento de algum ingrediente, como açúcar, sódio, proteínas, gorduras. É recomendado para grupos específicos de pessoas que tenham alguma doença, como por exemplo diabéticos ou hipertensos. Um exemplo de produto diet, é o chocolate diet, que tem como público-alvo os diabéticos. Nesse caso, o produto será isento de açúcar e isso estará descrito na embalagem. 
  • Light: segundo a Anvisa um produto ‘’Light’’ é aquele que teve uma REDUÇÃO de 25% de algum ingrediente, como por exemplo a redução de açúcares, gorduras totais ou saturadas, colesterol, calorias ou sódio. Ou seja, ao contrário dos produtos diets, os lights são reduzidos, mas continuam tendo determinado ingrediente.
  • Zero: o produto que é ‘’Zero’’ também é isento de algum ingrediente, semelhante ao diet. Porém a diferença entre diet e zero é que o diet é recomendado para algum grupo específico de pessoas como diabéticos e hipertensos, enquanto o zero não tem essa associação com esses grupos. Nos rótulos desses produtos pode estar escrito: ‘’isento de, não contém, livre de, sem, free’’. 
  • Tradicional: é o produto padrão, que não tem isenção de qualquer ingrediente, sendo apresentado com sua composição original, sem alterações.

Para simplificar, veja a imagem abaixo:

O que é melhor light, diet, zero ou tradicional?

Afinal o que é melhor ou pior entre estes produtos? Para responder a esta pergunta, é importante lembrar que quando há a diminuição ou retirada de algum ingrediente normalmente, a indústria acrescenta em maior quantidade outros ingredientes para compensar, como por exemplo:

A indústria reduz a quantidade de açúcar no produto, porém acrescenta mais gordura, para ele não perder o gosto e sabor aceitável entre os clientes, o que pode aumentar a quantidade calórica do produto, quando comparamos com o tradicional. 

Quer saber mais sobre a comparação entre os alimentos diet, light, zero e tradicional? Então confira neste texto aqui.

O que temos que lembrar é que estes produtos são industrializados, e tem em sua composição aditivos químicos como realçadores de sabor aromatizantes, conservantes (que estão descritos na lista de ingredientes com aqueles nomes estranhos que nem sabemos o que são). Falando nisto, você sabe ler rótulos? Não? Então você pode aprender aqui.

Quando há a retirada de alguns ingredientes ou a redução deles, a indústria pode colocar mais destes aditivos químicos para compensar no produto. Ruim não é mesmo? 

Por isso, é importante lembrar a finalidade destes produtos. Para pessoas que têm alguma doença específica, os alimentos que são chamados de ‘’Diet’’ podem ser uma opção para consumir um alimento que a pessoa esteja com vontade de comer, como por exemplo o chocolate para diabéticos. Mas para pessoas saudáveis e sem restrições alimentares, geralmente a versão tradicional vai ser mais indicada.

Por isso, o mais importante é você dar preferência para alimentos in natura, como frutas, verduras, legumes e grãos integrais, para diminuir o consumo de alimentos processados e ultraprocessados.

Diet e Light emagrece?

Os alimentos diet são indicados para grupos de pessoas com doenças específicas, já os produtos light, como têm a redução de 25% de algum ingrediente específico como calorias ou gorduras, podem ser vantajosos para pessoas que estão no processo de emagrecimento. Mas lembrando que não adianta nada você consumir produtos light e diet, que são industrializados, e não ter uma alimentação saudável com alimentos in natura, como frutas, verduras, legumes e cereais integrais, além de não praticar nenhum tipo de exercício físico! Por isso, faça o acompanhamento com um nutricionista, pois ele saberá as suas necessidades individuais e fará a orientação correta sobre produtos diet, light ou zero. 

Malefícios dos alimentos diet e light

Em geral, produtos light, diet e zero possuem uma grande quantidade de aditivos químicos em sua composição. E muitas vezes, nem todos os produtos que são utilizados na produção são escritos nos rótulos.  Além disto, outra informação que não aparece nestes produtos são os limites máximos desses aditivos que podem ser consumidos durante um dia, o que pode representar um risco para pessoas que tem intolerâncias ou alergias. 

Muitas vezes, acabamos achando que a melhor opção são alimentos diet, light e zero. Para alguns poucos casos, eles realmente são, mas isso não é uma regra geral! O que não tem erro mesmo é preferir os alimentos mais naturais possíveis, pois eles têm bem mais benefícios para a sua saúde.

Ficou com alguma dúvida? Comenta aqui que eu te ajudo!

Clube da Energié
Janaine Lorenceti
Janaine Lorenceti Seguir

Nutricionista graduada pela PUCPR, apaixonada por minha profissão. Acredito em uma Nutrição humanizada e acessível a todas as pessoas.Visando assim a qualidade de vida e a autonomia dos que buscam por bem-estar físico, mental e social.

Ler conteúdo completo
Indicados para você