[ editar artigo]

Marmitas que não precisam de geladeira: 15 alimentos e 3 dicas de armazenagem

Marmitas que não precisam de geladeira: 15 alimentos e 3 dicas de armazenagem

Você já aceitou que marmitar é uma boa ideia, já compreendeu as vantagens de ter esse estilo de vida, mas esbarra em uma dificuldade: não tem geladeira para armazenar sua marmita quando está na rua. E também nem tem como esquentar? Chega mais que vou te dar algumas dicas de marmitas que não precisam de geladeira para você marmitar sem perder a saúde, sem ter que descartar comida porque ficou azeda e sem precisar de eletrodomésticos na rua!

Caso você tenha como esquentar a comida, clique aqui ou aqui e dê uma olhada nessas dicas das nossas nutris para montar uma marmita equilibrada

Agora se você não tem acesso a nenhum eletrodoméstico na rua, como geladeira, micro-ondas, marmitex, fogão, etc. Não tem jeito. Vai ter que apelar para as opções de refeições frias.

Mas por que não posso levar a comida quente?

Você pode estar se perguntando se não seria uma opção levar a sua marmita bem quente para o trabalho/faculdade dentro de uma bolsinha térmica e assim quando for comer ela ainda deve estar morninha, certo?

Errado!

Existe uma variação de temperatura em que os microrganismos ficam felizes da vida e se multiplicam loucamente, ou seja, existe um maior risco da sua marmita azedar e se você comer pode ter uma intoxicação ou infecção alimentar.

Temperaturas altas acima de 60ºC acabam matando a maioria dos microrganismos e temperaturas baixas inferiores a 10ºC costumam “adormecer” os microrganismos. Portanto, entre 60ºC e 10ºC (temperatura de qualquer cidade do país em qualquer época do ano, até de estados que fritam ovo no asfalto no verão), você corre risco de guardar sua marmita.

Se você tem uma bolsa térmica poderosa e ainda uma marmita bem quentinha e térmica também em que garanta que a comida ficará acima de 60ºC, bom apetite! Só conferir os links já mencionados acima.

3 dicas de armazenagem para as marmitas que não precisam de geladeira

Algumas dicas podem te ajudar a ter uma marmita bem refrigerada sem precisar de geladeira, dá só uma olhada:

#1 Congelar e deixar descongelando na bolsinha térmica

Diferente de esquentar e deixar esfriar, o descongelamento da marmita dentro da bolsa térmica, dependendo do período em que vai demorar não costuma atingir a temperatura perigosa de multiplicação dos microrganismos. Então você pode investir em cardápios que possam sair de casa congelados e ser consumidos bem geladinhos na rua. Essa temperatura costuma ser mantida por cerca de 4h, tranquilamente.

#2 Gelo para manter a comida

Sua cidade é muito quente e você tem dificuldade de manter a comida geladinha até com bolsa térmica? Coloque gelo na sua bolsa térmica! Existem opções em gel, facilmente encontradas em farmácias.

Mas a grana tá curta e você não tem como investir nesses gelos de farmácia? Use sacos plásticos bem resistentes ou potes pequenos com uma boa vedação e congele água! Assim você cria bolsas de gelo para colocar dentro da sua bolsinha térmica junto com a marmita e mantém a temperatura por muito mais tempo!

#3 Separe os alimentos

Existem alimentos que podem descongelar ou perder a consistência mais rápido que outros. Ou preparações mais líquidas que podem “melar” preparações mais secas quando guardadas juntas. Então uma boa dica é investir em potes de marmita que tem divisórias e separar bem esses alimentos.

Mais uma vez, não tem um dindin sobrando pra isso? Use potes pequenos dentro de potes maiores para criar divisórias. Aqui vale até usar aquelas forminhas de cupcake, sabe?

Leve molhos separados e misture na comida somente na hora de consumir.

15 alimentos para fazer suas marmitas que não precisam de geladeira

E agora vamos às opções de combinações que podem ser comidas frias numa marmita muito bem armazenada!

  • Leguminosas: Ervilha, grão de bico, feijão fradinho
  • Legumes: Antepasto de berinjela, cenoura ralada, tomates secos
  • Verduras: Alface, repolho roxo, rúcula
  • Carboidratos: Milho cozido, couscous marroquino, macarrão integral
  • Proteínas: Porco assado, frango desfiado, muffin de ovo

Também existem as saladas no pote, clica aqui e confere essas opções.

Agora que você aprendeu a fazer marmitas que não precisam de geladeira, pode começar a marmitar sem medo! Depois é só vir aqui contar como você combinou os alimentos e se sua marmita ficou geladinha até a hora do seu almoço! Conta pra mim?!

A ideia do tema pra esse post veio de uma dúvida de uma participante aqui do Clube da Energié! Se você tem alguma dúvida ou dificuldades sobre alimentação, conta aqui pra gente nos comentários que tentaremos te ajudar, ok?

Clube da Energié
Débora Dias Cabral
Débora Dias Cabral Seguir

Nutricionista pela Universidade Federal do Estado do Rio de Janeiro (UNIRIO) e Mestre em Saúde Pública na subárea de Epidemiologia pela Escola Nacional de Saúde Pública Sergio Arouca (ENSP/Fiocruz), clinicando in company pela equipe Energié Nutrição!

Ler matéria completa
Indicados para você